Destinos Internacionais Dicas aos Viajantes

CALICO GHOST TOWN – CIDADE FANTASMA ENTRE LOS ANGELES E LAS VEGAS

Calico é uma cidade fantasma no Condado de San Bernardino, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, localizada no Deserto de Mojave na região do sul da Califórnia. A cidade foi fundada em 1881 com uma mineração de prata da cidade, e hoje foi convertido em um condado do parque, localizada na Interestadual 15.

A cidade fantasma esta localizada entre as cidades de Los Angeles e Las Vegas. Esse passeio é uma boa pedida para quem vai fazer o trajeto de Los Angeles a Las Vegas, ou vice-versa, de carro. A estrada é um verdadeiro tapete, bem diferente das nossas estradas do Brasil.

 

E as paisagens são maravilhosas, porque estávamos no meio do deserto, o que me fazia lembrar de vários filmes americanos, ahhh e o coração pulava de alegria por estar vivendo tudo aquilo.

 

No nosso caso, alugamos um veículo já no aeroporto de Los Angeles, pela empresa ALAMO, a qual super recomendo, pelos ótimos veículos, pela prestação dos serviços e pelos valores cobrados.

Assim, fizemos o trajeto Los Angeles – Las Vegas com nosso Mustang conversível top, rsrs. Porque já que não temos condições de comprar um carro desse no Brasil, a gente pelo menos tem condições de alugar um na Califa para curtir as férias né?! Hahaha.

 

A Rua principal da cidade fica na histórica Rota 66, e o trajeto até Calico é feito pela Ghost Town Road, e fica praticamente no meio do caminho entre LA e Vegas. Coloque a localização no Google Maps, e fique atento, mas você pode observar a cidade de longe, pois ainda na Rodovia você avista no topo de uma montanha, a escrita CALICO, assim terá a certeza que esta próximo.

 

Estivemos em Calico no início do mês de outubro de 2013, no período da manhã e pegamos um calor quase insuportável e um clima muito seco, nunca vou esquecer, mas com certeza a parada por ali valeu muito a pena! O local possui um amplo estacionamento e quando chegamos a cidade estava com muitos visitantes.

 

Quando chegamos lá haviam vários carros, um ônibus e motos estilo Harley Davidson. Acredito que havia algum encontro de motoqueiros, pois avistamos vários deles andando juntos durante o trajeto pela Rodovia.

 

Assim que você chega na cidade, você já se sente dentro de um filme de faroeste, é demais! Você precisa pagar uma pequena taxa, não me recordo quantos dólares pagamos na época, que foi em outubro de 2013, mas atualmente custa $ 8 (oito dólares). A cidade foi restaurada para receber os turistas, onde você pode ver muitos ítens preservados da época do auge da mineração na região.

 

A população de Calico esta estampada em um quadro na parede da cidade. Em 1881 haviam 40 pessoas morando lá, em 1887 moravam lá 1.200 pessoas devido a mineração de prata, em 1890 eram 800 pessoas, em 1951 eram 10 e em 1981 eram 15, hoje não tenho essa informação, alguém sabe?

 

A pequena cidade, que mais parece um vilarejo, é um museu a céu aberto, possui construções características, como restaurante, saloon, correios, delegacia, lojinhas, e uma “casa museu” com características como janelas, fiação elétrica, móveis, decoração, fotografias e utensílios que pertenceram a família “Lane” que viveu ali entre os anos de 1920 e 1960.

 

 

Você ainda encontrará várias lojinhas de artesanato e produtos característicos do local. Na lojinha chamada Calico Print, você encontrará souvenirs, gifts, lembranças em geral, t-shirst e camisetas. Eu entrava em algumas somente para olhar os itens e me refrescar com o ar condicionado kkk.

 

No bar da cidade, o “Sallon de Li” o atendente tem traje a caráter, e você se sentirá mais um cowboy por ali, já que o bar é totalmente temático. O bar serve cachorro quente, pizza, refrigerante e salgadinhos.

Outros locais para você se alimentar, são o “Calico House Restaurant” que serve café, almoço e jantar, e para pratos mais despojados e rápidos há o “Café da Old Miner” que fica localizado no topo da cidade.

 

No local, há algumas atrações para os turistas, como o “Calico Odessa Railway”, um trenzinho modelo idêntico aos usados nos tempos das escavações das minas, que percorre a cidade e as ruínas. Crianças e adultos podem fazer o passeio e você terá que desembolsar alguns dólares, não me recordo agora o valor. Nós não chegamos a andar nele, pois nossa parada não era para ser muito longa, pois nosso destino final era Las Vegas e ainda tínhamos mais 2 horas de estrada para chegar até lá.

 

Outra atração para os turistas, é o “Gold Panning Adventure 1981”, um local onde você pode simular um garimpo, as crianças adoram, se não me engano era cobrado $ 3,00 dólares. Ainda, você pode fazer um passeio a cavalo, onde se sentirá verdadeiramente nos tempos do velho oeste.

 

Para os mais corajosos há o “Gosth Tours”, onde após o anoitecer, você pode fazer uma visita guiada pela Main Street, e ouvir as historias assombradas que foram passadas de geração a geração. Porém esse tour somente é feito nos sábados a noite, confira com antecedência no site oficial os horários disponíveis.

O local ainda oferece um espaço para o turismo de camping, para aqueles que desejam passar a noite em Calico. Super interessante né?!

No dia que fomos, nem todos as atrações estavam funcionando, as principais sim, mas já deu para curtir muito o local e se sentir dentro de um filme de faroeste. Nossa parada por lá, durou cerca de 1 hora e 15 minutos, tempo suficiente para você conhecer o local.

 

Essa é a minha dica de passeio, caso você esteja com viajem marcada para Los Angeles e Las Vegas, e irá fazer esse trajeto de carro. Tenho certeza que você irá gostar e fazer belas fotos por lá!

 

Calico Ghost Town

Endereço: 36600 Ghost Town Rd, Yermo, CA 92398, EUA.

__________________________________________________________________________

 

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva com a blogueira Manu, do blog Manu no Mundo, onde falamos sobre nossas experiências em lugares ao redor do mundo. Os posts de hoje são sobre lugares interessantes para se conhecer na Califórnia/EUA.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *