Dicas aos Viajantes

A IMPORTÂNCIA DE UM ROTEIRO DE VIAGEM

Olá viajantes e aspirantes a viajantes!

Entre tantos assuntos para trazer aqui para vocês, achei relevante começar esse blog falando sobre o ponto de partida de cada viagem, termos em mãos um bom roteiro de viagem. Pois para uma viagem ser bem sucedida é necessário ter um bom roteiro de viagem.

Ele vai otimizar o nosso tempo, a fim de que possamos conhecer tudo o que desejamos no período já determinado, que pode ser, 3, 5, 7, 10 dias ou o período que você tiver disponível para sua viagem.

1º Passo – PESQUISE MUITO! A INTERNET É A SUA MELHOR AMIGA

Para montarmos o nosso grande amigo chamado “Roteiro de Viagem”, a ferramenta essencial que temos é a internet, essa fonte interminável de informações que temos acesso em nossos lares, no trabalho e em qualquer lugar, pois quem hoje em dia não possui um aparelho de celular com essa tecnologia?

Busque informações, relatos e dicas de outros viajantes, elas são de grande valia para você montar o seu roteiro. Mas não se restrinja apenas a uma ou duas leituras, leia muito, pois cada viajante tem o seu gosto pessoal, seu estilo de viagem preferido, e possuem orçamentos diferentes, então, veja com qual se identifica mais, e assim montará o seu próprio roteiro, com a sua cara e dentro do seu orçamento.

2º Passo – PARA ONDE VIAJAR?

Como já dito anteriormente, cada viajante possui gostos e estilos diferentes, por exemplo, um gosta mais de praia e calor, outros de neve e frio, outros preferem conhecer cidades históricas e antigas, como o Egito, outros, preferem cidades modernas como Dubai, outros amam tanto os animais e a natureza que preferem fazer um safári na África, e assim vai.

Mas tem aquele viajante que já foi para todos os lugares do topo da sua lista e agora quer explorar o restante do mundo, e, esse, esta aberto a toda e qualquer informação nova e sempre esta de olho nos relatos dos viajantes, pois assim que surgir uma promoção de passagem para um desses lugares, lá estará ele! Não é?! Rsrs.

Então escolha o seu destino de viagem, de acordo com a sua preferência e aí estará pronto para começar a montar o seu roteiro de viagem.

3º Passo – QUE LUGARES VISITAR E O QUE CONHECER

Bem, depois de você já ter escolhido o seu destino de viagem, o próximo passo é buscar informações sobre o lugar, que lugares visitar, os pontos turísticos importantes, e também identificar que tipo de viajante você é, se você prefere conhecer os pontos turísticos, ou também dá importância para conhecer bons restaurantes, e a gastronomia local, ou você é do tipo culto, que adora visitar museus, bibliotecas, ou se você é do tipo religioso, que adora conhecer igrejas e catedrais e a história que envolve cada uma delas.

Depois que você identificar o tipo de viajante que você é, você irá priorizar o que prefere conhecer e fazer durante a viagem. E, quanto mais tempo você terá para conhecer o lugar, mais coisas poderá fazer e conhecer.

Divida o seu roteiro em dias, no caso se você tiver 7 dias disponíveis para conhecer a cidade, precisa distribuir o seu roteiro em 7 dias, e, para isso é importante, você saber a localização de cada lugar, assim, você irá dividir por regiões o seu roteiro. Por exemplo, você quer conhecer várias atrações e elas estão localizadas em bairros diferentes e distantes um do outro, o melhor é separar todas as atrações que estão localizadas em um mesmo bairro para você fazê-las no mesmo dia, assim não perderá muito tempo se deslocando de um ponto para o outro.

Para facilitar, consiga um mapa da cidade, você consegue fácil pela internet, assim você já vai se familiarizando com o seu destino. Você também pode solicitar o mapa da cidade no próprio aeroporto do seu destino, ou no seu hotel. Se for utilizar o metrô, as estações também disponibilizam para os turistas o mapa do sistema metroviário na maioria das línguas.

4º Passo – COMO SE LOCOMOVER NO SEU DESTINO

Importante também é saber qual a melhor forma de se locomover na cidade, pois há lugares que o meio de transporte mais utilizado é o metrô, outros é o ônibus, ou o táxi, outros é a pé mesmo. As vezes um ponto turístico é tão perto de outro que o melhor é você fazer o trajeto a pé, assim vai apreciando cada detalhe do caminho, cada cantinho, vai vislumbrando as paisagens, os cafés, as lojinhas, isso é um caso típico da cidade de Nova York, a melhor forma de você conhecer a city é caminhando, acredite! Você anda vários e vários quarteirões sem perceber, pois como você fica deslumbrado com a cidade, nem percebe o quanto andou e se torna ainda mais prazeroso, se você tem um calçado bem confortável nos pés. Essa é outra dica importante.

Então, se você é daquelas que adora caprichar no look, e quer sempre estar bem arrumada para as fotos, com um sapato lindo nos pés, cuidado, pode arrasar no look sim, mas escolha com cuidado o seu calçado, evite saltos se for caminhar muito, e nada como um calçado confortável, para você não se estressar no meio do caminho. Digo isso, pois já passei por essa situação em uma das minhas primeiras viagens e sofri bastante em Buenos Aires na Argentina por ter escolhido um calçado errado, ele não tinha salto, mas era novo, e não tinha amaciado ainda nos meus pés, fiz até bolha nos dedos e tive que recorrer ao band-Aid rsrs. Tadinha de mim, mas marinheira de primeira viagem é assim, vivendo e aprendendo e aqui estou para dar essas dicas para vocês.

5º Passo – TICKETS E INGRESSOS ANTECIPADOS

Se você pretende ir há algum espetáculo, show, ou há algum restaurante muito famoso que precise fazer reserva, o melhor é já comprar os tickets aqui mesmo no Brasil, ou fazer a reserva do local antecipadamente. Alguns shows ou espetáculos são muito procurados e os ingressos encerram dias antes. Por exemplo, quando fomos a Las Vegas, gostaríamos de ir ao “Circu di Soleil” e lá esses shows costumam lotar dependendo da época. Como eu havia contactado uma guia turística de lá, ela me aconselhou comprar os ingressos antecipados pelo site, aqui mesmo no Brasil, onde eu já escolhia os assentos e a área que gostaria de ficar, e foi o que eu fiz. Foi a melhor decisão, pois no dia do espetáculo, havia uma fila gigantesca para comprar os ingressos, e os assentos que sobraram não tinham uma vista muito boa do palco.

6º Passo – OBTER INFORMAÇÕES SOBRE O CLIMA, TEMPERATURA, MOEDA, E A SEGURANÇA DO LOCAL

É Importante saber o clima e as temperaturas que você irá encontrar na sua chegada Ao seu destino, para assim, saber levar as roupas e acessórios adequados na mala. Se for muito frio, não esqueça de levar, casacos quentes, luvas, cachecol, e touca. Se for muito quente, não esqueça o protetor solar, o óculos de sol, um boné e de levar sempre uma garrafinha de agua na mochila ou na bolsa.

Outro ponto importante é saber qual a moeda local, pois assim irá se precaver e levar ao menos uma certa quantia dela, para não passar nenhum aperto já na chegada ao aeroporto, pois muitos taxis e outros meios de transporte não aceitam cartão de crédito e dinheiro que não seja o deles.

Se não gosta de viajar com muito dinheiro, não esqueça de levar seus cartões de crédito e débito habilitados para uso no exterior. E, também, se preferir, pode trocar os seus reais lá em alguma casa de câmbio, mas antes pesquise a cotação, pois há muita diferença as vezes entre uma casa de câmbio e outra. Escolha bem. Foi o que fizemos na nossa última viagem para o Chile, como não conseguimos nenhuma casa de cambio aqui na minha cidade que tivesse pesos chilenos para vender, tivemos que fazer isso lá em Santiago, e como eu já havia pesquisado antes, já fomos direto na casa de cambio que possuía as melhores cotações. Com as informações já anotadas no roteiro, foi fácil fazer isso lá.

Importante também, saber se você esta viajando para uma cidade mais segura, ou com um índice maior de criminalidade. Por exemplo, quando fomos a Paris, esqueci de observar esta questão e quando estávamos subindo a torre Eiffel, passavam nos televisores vídeos explicativos alertando os turistas em relação aos batedores de carteira, e para que estes tomassem cuidado com os seus pertences. O choque não foi maior porque já somos bem precavidos e cuidadosos com nossos pertences, mas uma pessoa distraída é alvo fácil dos lá chamados “pickpockets”.

Então, fique ligado, pois não é em todos os lugares que você poderá ficar com o seu iphone último modelo, ou com sua câmera fotográfica top na mão dando sopa. As vezes determinados lugares são mais seguros durante o dia, devido ao grande fluxo de pessoas e a noite, a atenção deve ser redobrada, sempre fique atento.

7º Passo – DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A VIAGEM

Agora que esta quase tudo pronto, falta conferir se a sua documentação esta em ordem, sua identidade não pode ter sido emitida há mais de 10 anos, caso contrário corra atrás para fazer uma nova. Se a viagem for internacional o passaporte substitui a identidade e é imprescindível que este seja válido por pelo menos 6 meses, além da data que você irá sair do país, a fim de evitar problemas com a imigração.

Não esqueça de verificar se o seu visto de permanência para turista esta válido, caso o seu destino o exija, e se é necessária alguma vacina especial para ingressar no país.

Confira se as passagens aéreas, os comprovantes de reserva de hotéis, de passeios e restaurantes, se os tickets das atrações que você já pagou aqui no Brasil, estão todos impressos, e se você estiver planejando uma viagem internacional é bom você fazer um seguro viagem.

Confira se os seus cartões de crédito e débito estão habilitados, não esqueça de fazer o aviso viagem, liberando-os para uso no exterior, e não esqueça de levar alguns dólares, libras, euros, ou um pouco de valor na moeda local do país que você irá visitar.

Caso você queira alugar um veículo na cidade do seu destino, não esqueça de levar a sua carteira internacional de habilitação (muitas vezes desnecessária) pois a nossa aqui do Brasil muitas vezes já é válida.

Por fim, faça um check-list de todos os ítens que devem estar na sua mala e mochila para não esquecer de nada, lembrando que alguns itens são restritos na bagagem de mão, confira junto à sua companhia aérea.

 

É isso meus leitores… para se fazer um bom roteiro de viagem, temos que pensar em todos esses detalhes, pois qualquer acontecimento que saia fora do previsto, pode lhe custar muito, ou muito tempo, ou muito estresse ou muito dinheiro. Um bom viajante sempre esta antenado em todas essas informações, e eu espero que elas tenham lhe ajudado muito.

Agora sim pessoal… com um bom roteiro em mãos, Boa Viagem!

 

Se este post foi útil de alguma maneira, curta e compartilhe. Caso tenha alguma outra dúvida, envie um e-mail e assim que possível responderei.

Fique a vontade para deixar seu comentário aqui 😉 .

    4 Respostas

  1. Amei! Super legal o texto, muito bem explicado. Tenho certeza que suas dicas vão me ajudar muito. Sucesso! Continue postando,vc arrasou nessa postagem,bjus.

  2. Ana … muito legais as dicas! Amei!!! Mas não dispenso aquele cafezinho prometido a tanto tempo… vc deve ter coisas maravilhosas pra contar!!! Bjs querida amiga! Saudades!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *